alt="planejamento-tributario-preventivo"

Planejamento tributário preventivo: como é feito e quais os benefícios para sua empresa

Acompanhe novos temas sobre o setor tributário

Anualmente as empresas precisam estar preparadas para fazer o planejamento tributário preventivo e realizar todas as obrigações fiscais. Outro dado importante nisso tudo, é que, no Brasil, abrir e prosseguir com uma empresa é uma tarefa espinhosa, que esbarra na burocracia, alta carga tributária e nas limitações do próprio empreendedor.

Executar sem pensar é um equívoco e uma das principais causas de mortalidade. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quase 60% das empresas vão à falência nos primeiros cinco anos – segundo o portal Sebrae.

 

O que é planejamento tributário?

 

O planejamento tributário nada mais é do que uma forma do empreendedor diminuir o pagamento dos tributos. É preciso estruturar o seu negócio da maneira que melhor lhe pareça. Os tributos representam importante parcela dos custos das empresas, senão a maior.

 Com a globalização da economia, tornou-se questão de sobrevivência empresarial a correta administração do ônus tributário.

O planejamento vem de encontro justamente para escolher qual regime tributário melhor se adequa ao empreendimento. Afinal, ninguém quer pagar tributos equivocados ou calcular os impostos, ou taxas de maneira inadequada à sua realidade. 

Trata-se de desperdício financeiro que impacta diretamente o fator custo e, consequentemente, nos preços de produtos e/ou serviços sugeridos ao consumidor final.

 

alt="planejamento-tributario"

 

Planejamento Tributário: como é feito, para que serve, benefícios

Qual é a importância do planejamento tributário?

 

O planejamento tributário é essencial para auxiliar na organização financeira da empresa — seja ela uma micro, pequena, média ou grande organização. E não há como escapar de um fato: é necessário aprender a gerenciar seus impostos.

Seja no âmbito de pessoa física, como também de pessoa jurídica.

Afinal, é como Benjamin Franklin uma vez disse: “Nada é mais certo neste mundo do que a morte e os impostos“.

Portanto, encontrar a melhor forma de gerir seus tributos é um dos pilares da organização empresarial, pois garante que seu negócio não entre em problemas com o Fisco e, através de uma boa gestão fiscal e mecanismos legais, seja capaz de reduzir a carga tributária — impactando positivamente no caixa do negócio.

 

 

Como funciona o planejamento tributário preventivo

 

O Planejamento Tributário Preventivo é feito de forma totalmente personalizada. Para ele, são levadas em consideração características da sua empresa como, por exemplo, sua estrutura, o modelo de negócios, suas relações com os fornecedores, sua estratégia logística, faturamento, tipo de produto/serviço oferecido, entre outros.

Dessa maneira, através desse planejamento antecipado é possível escolher inclusive qual o Enquadramento Tributário ideal para o seu tipo de empresa. Sendo assim, sua empresa pode pagar menos impostos, sem recorrer a práticas ilegais como a sonegação e evasão fiscal, mantendo-se lucrativa e na legalidade.

 

 

O que um planejamento tributário bem estruturado pode proporcionar para empresa

 

Existem muitos benefícios em fazer o planejamento tributário, o principal deles é ter uma redução de custos. O sistema tributário brasileiro pode ser complexo, e isso pode acabar gerando atraso no pagamento.

Por isso é tão importante saber quais tributos devem ser pagos e como aproveitar condições que favoreçam a empresa.

 

      1. Evitar multas

    A falta de preparo é um dos principais motivos para as multas. Estudar os prazos e os tipos de tributos a serem pagos é essencial para evitar esse problema,  que gera prejuízos financeiros para a companhia.

     

        1. Redução de valor

      Analisando as tributações que devem ser pagas é possível encontrar maneiras legais para reduzir os gastos.

      Um exemplo disso é o Seguro de Acidentes de Trabalho, é preciso diminuir os acidentes na empresa para que o risco do Fator acidentário mude de classificação e com isto seja possível reduzir o seguro.

      Outra possibilidade é aproveitar políticas de incentivo que permitam a redução das alíquotas.

       

          1. Maior prazo

        O que pode ajudar também é tentar estender o prazo de pagamento em casos de benefício fiscal de diferimento, que são específicos e voltados para determinadas operações previstas em lei.

        Isso ajuda a ter mais tempo para uma folga no caixa. Assim, os tributos são pagos sem comprometer o capital de giro.

         

        Tipos de planejamento tributário

         

        Como mencionamos, o planejamento tributário é uma ferramenta personalizada de acordo com a estrutura organizacional. Na prática, existem diferentes tipos de análise e gestão de tributos. Que tal conhecer os principais?

            • Planejamento Tributário Estratégico: referente às mudanças estratégicas, como de estrutura de capital, localização geográfica, mão de obra, política de terceirização, entre outras.

            • Planejamento Tributário Operacional: referente aos processos já prescritos por normas ou costume.

            • Planejamento Tributário Preventivo: referente ao momento da execução, desenvolvimento seguindo orientações das obrigações principais e acessórias. O objetivo é “prevenir” erros.

            • Planejamento Tributário Corretivo: referente ao processo de correção de anomalias e problemas na gestão tributária.

            • Planejamento Tributário Especial: referente a eventos especiais, como lançamento de novos produtos ou abertura de filiais.
            •  

          Por que fazer e quais as vantagens?

          A grande vantagem do planejamento tributário é a redução da carga tributária direta, embora a despesa seja mantida. Se a despesa tributária diminui, o lucro aumenta. No caso do corretivo (de passivo já existente), alguns benefícios são:

              • redução e afastamento de riscos fiscais. Empresas que tomam créditos que não podem tomar, conforme seu desenho societário, estão expostas a autuações. Há multas que chegam a 150% do valor devido do tributo. Vale reforçar que isso é para organizações que já estão expostas ao risco, em que existe passivo;

              • há situações em que haverá reflexo numa proteção patrimonial da empresa;

              • melhorar a gestão das atividades executadas. No exemplo do supermercado, se abrirmos dois CNPJs, a administração levantará mais facilmente todos os custos/despesas só para a transportadora. Isso evitará confusões com gastos de folha, por exemplo, da equipe do supermercado.

            Para a realização de uma boa gestão e planejamento de tributos é importante considerar a totalidade dos impostos e taxas incidentes na operação da empresa. Portanto, depois de analisar os tributos individualmente, é preciso confrontar a redução da carga tributária efetiva. 

            No momento que se toma a decisão de reduzir o custo tributário efetivo da empresa, é imprescindível que todos os envolvidos estejam cientes dos esforços necessários para que a operação como um todo tenha sucesso. 

            É importante, também, que todos os estudos estejam alinhados ao Planejamento Estratégico da empresa e considerem o seu crescimento atual e futuro. Dessa forma, quando ocorrer alguma mudança de tributação, toda a operação estará alinhada e preparada para as alterações.

            A tarefa pode ser um pouco complexa para quem é leigo na área. Por isso, a ajuda de um profissional da área de contabilidade é imprescindível. Sugerimos que você busque os serviços de um contador.

             

            Conheça os serviços da Leite e Dayan Consultores tributários

             

            Solução eficiente com resultados comprovados, atuando de forma especialista e com total integridade, garantindo assim as melhores oportunidades para os seus negócios. Queremos ajudar o empresário brasileiro a recuperar e reduzir as altas cargas tributárias existentes no cenário corporativo.

             

            Somos uma consultoria tributária com experiência de mais de 35 anos em gestão empresarial, planejamento fiscal, auditoria de compliance e levantamento de créditos tributários em empresas líderes do mercado corporativo.

            Trabalhamos com base em resultados, transparência e ética, oferecendo estratégias fiscais que trazem inúmeros benefícios e lucratividade para nossos clientes.

             

            .

            .

             

            Fonte: Totvs, Sebrae, Jornal Contábil